quarta-feira, 31 de agosto de 2016

O caráter de Jesus...

1 João 2.6 "aquele que diz que permanece nele, esse deve também andar assim como ele andou".
Precisamos a cada dia nos olhar no espelho e refletir se nossas ações são semelhantes às de Jesus.

Paz seja em tua casa.
Abraços.
Fernanda Abreu Ferreira

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Idolatria...

Algumas das autoridades de Israel vieram e se sentaram diante de mim. Então o Senhor me falou: "Filho do homem, estes homens ergueram ídolos em seus corações e puseram tropeços ímpios diante de si. Devo deixar que me consultem? Ora, diga-lhes: Assim diz o Soberano, o Senhor: Quando qualquer israelita erguer ídolos em seu coração e puser um tropeço ímpio diante do seu rosto e depois for consultar um profeta, eu o Senhor, eu mesmo, responderei a ele conforme a sua idolatria. Isto farei para reconquistar o coração da nação de Israel, que me abandonou em troca de seus ídolos. "Por isso diga à nação de Israel: Assim diz o Soberano, o Senhor: Arrependa-se! Desvie-se dos seus ídolos e renuncie a todas as práticas detestáveis! "Quando qualquer israelita ou qualquer estrangeiro residente em Israel separar-se de mim, erguer ídolos em seu coração e puser um tropeço ímpio diante de si e depois for a um profeta para me consultar, eu, o Senhor, eu mesmo, responderei a ele. Voltarei o meu rosto contra aquele homem e farei dele um exemplo e um objeto de zombaria. Eu o eliminarei do meio do meu povo. E vocês saberão que eu sou o Senhor. "E, se o profeta for enganado e levado a proferir uma profecia, eu, o Senhor, terei enganado aquele profeta e estenderei o meu braço contra ele e o destruirei, tirando-o do meio de Israel, o meu povo. 
Ezequiel 14:1-9

Abraços.
Fernanda Abreu Ferreira.

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Alegrai-vos Sempre no Senhor

“Outra vez digo: alegrai-vos” (Fp 4.4).
Paulo escreveu essas palavras à igreja em Filipos. Na ocasião, ele era prisioneiro em Roma e poderia ter se atormentado, questionando: “Quando serei libertado? Quando poderei continuar minha viagem? Quando e onde continuarei meu trabalho missionário? Será que a prisão ficará mais rígida? Serei condenado à morte? O que será da igreja de Filipos? E em Roma, como as coisas vão continuar?”. Mas Paulo não se preocupava com nada disso. O que marca essa carta da prisão não é a preocupação ou a dúvida, mas a alegria e o encorajamento que transparecem do começo ao fim. Paulo sabia que tinha todas as razões do mundo para se alegrar, apesar de sua situação pessoal penosa, apesar das perseguições e da enfermidade.
Nós cristãos realmente temos todos os motivos para nos alegrar. Se não nós, que somos libertos, então quem se alegraria? Podemos nos alegrar sempre, alegrar-nos no Senhor. Ele está conosco todos os dias (Mt 28.20). Isso é mais do que consolo, é a razão da nossa alegria! A alegria no Senhor é eterna e independente das circunstâncias exteriores. Obviamente os filhos de Deus também estão sujeitos a mudanças de humor. Nós também somos afligidos por problemas e enfermidades.Seria hipocrisia andar pelas ruas ostentando sempre um sorriso no rosto. Tudo tem seu tempo, tanto a alegria como a tristeza. Mas a alegria deve ser o fundamento, a base firme dentro de nós, apesar de todas as circunstâncias.
Paulo foi perseguido, açoitado e aprisionado, e certamente não sentia vontade de ficar sorrindo à toa. Mas ele emanava uma alegria que vinha do coração. Podia encorajar a outros mesmo estando em aflição. O que lhe concedia essa força interior? A fonte da força em si: o Senhor e Sua Palavra! “A alegria no Senhor é a vossa força” (Ne 8.10). “A esperança dos justos é alegria” (Pv 10.28).
Em qualquer circunstância da vida é essencial que nos lembremos quem somos e quem éramos. Éramos perdidos e espiritualmente mortos. E agora? Deus tornou-se Homem para perdoar nossa culpa. Ele rasgou o escrito de dívida que era contra nós e nos libertou da pena da morte. Agora estamos salvos, ressurretos dentre os mortos com Cristo para a vida eterna, e um dia teremos um lugar seguro na glória com Jesus – seremos revestidos com um corpo de glória. Tudo isso não é motivo de alegria? Essa expectativa não pesa muito mais do que todas as preocupações do mundo? Justamente um filho de Deus renascido deve atentar para a direção em que volta seu olhar. Se eu olhar para trás, talvez minha alegria nem seja muito grande. Se tenho apenas o aqui e agora diante dos olhos, talvez fique apavorado. Mas se voltar meu olhar para o Senhor e antevir o encontro com Ele, meu coração saltará de alegria.
“Vi novo céu e nova terra... Eis o tabernáculo de Deus com os homens... Ele lhes enxugará dos olhos toda lágrima, e a morte já não existirá, já não haverá luto, nem pranto, nem dor...” (Ap 21.1- 4). Passagens bíblicas como essa – e existem muitas semelhantes – só podem nos tornar alegres! Como o Senhor Jesus já disse a Seus discípulos: “alegrai-vos, não porque os espíritos se vos submetem, e sim porque o vosso nome está arrolado nos céus” (Lc 10.20). Apesar de toda a maldade que nos cerca e mesmo diante dos eventos que parecem colocar o curso da História de ponta-cabeça e deixam o mundo assustado, nós cristãos temos todos os motivos para nos alegrar, pois temos à frente a eternidade e o encontro com nosso Senhor ressuscitado. (Thomas Lieth)

sábado, 20 de agosto de 2016

Casamentos felizes, corações saudáveis...

Casamentos felizes, corações saudáveis

Casamento é o melhor remédio! Já tomou sua dose diária hoje? Veja as razões pelas quais estar casado é a melhor coisa que você pode fazer.
  • Como está a saúde do seu coração? Descobrimos o melhor remédio para ele: é o casamento. Sim! O Casamento! Uma pesquisa realizada pela American Sociological Association estudou pacientes que passaram por cirurgia cardíaca, casados e solteiros, e acompanharam o processo de recuperação.
    De acordo com o estudo, nos primeiros meses após a cirurgia e em até 5 anos, a influência do casamento eleva muito a taxa de sobrevivência entre os pacientes, e isso é atribuído ao poder de proteção sentido pelo cônjuge operado. A sociólogaEllen Idler, da Emory University (EUA) citou: "Descobrimos que o casamento impulsionou a sobrevivência (...)."
    Sobrevivência! Uma palavra linda, não é mesmo? A mortalidade entre os solteiros foi muito maior. Assim, o que poderíamos atribuir essa sobrevivência? Há algumas razões muito importantes pelas quais estar casado beneficia toda a sua vida:
  • 1. Capacidade de superação

    Na pesquisa os dados mostram que os pacientes casados estavam mais esperançosos e tinham mais ânimo para enfrentar a dor. Isso se deve ao fato de que nosso cônjuge é nossa âncora. Saber que temos alguém disposto a vencer cada dificuldade da vida conosco nos proporciona segurança. O cônjuge deve ser sempre a fonte de fé, paz, coragem, suporte, esperança, amor, cuidado e motivação para o outro.
  • 2. Capacidade de cura

    Seja um mal-estar físico, mental ou emocional, o cônjuge é a cura. Podemos estar em tratamento nos melhores hospitais e com os melhores psicólogos, e mesmo assim são as doses diárias de cuidado que recebemos no casamento que impulsionam nosso bem-estar. Juntos se descobre que a vida é mais bela, mesmo nos momentos mais sombrios.
  • 3. Capacidade de acreditar

    Exercer fé é a capacidade de acreditar que é possível e a partir daí correr atrás dos seus sonhos e objetivos. Fazer isso a dois torna o caminho mais agradável. Os obstáculos continuam ali, mas ter alguém que está ali para lhe lembrar sempre que o importante é continuar e que desistir não é uma saída faz toda a diferença. A dois, aprende-se a visulizar o futuro como uma possibilidade possível.
  • 4. Capacidade de viver

    No estudo também lemos sobre casos de viúvas. A mortalidade entre aquelas que eram viúvas ou divorciadas é muito maior. Eu acompanhei a trajetória da minha avó após o falecimento do meu avô. Os anos se tornaram amargos para ela e ela falava todos os dias que sua maior alegria seria morrer e reencontrar meu avô. Ela sabia que mesmo com seus filhos, netos e bisnetos, sua alegria só era completa com seu marido. E são as experiências que se constroem ao longo da vida que tornam o casal uma única pessoa, são unos em mente e coração. Isso é algo maravilhoso, não é mesmo? Em uma sociedade que distancia as pessoas, o casamento é a única instituição que assegura aos participantes que, ao se envolverem de todo coração e mente e se comprometerem a zelar um pelo outro, estarão unidos e terão a força que precisam para viver felizes.
    Portanto, preserve seu maior tesouro: Seu casamento. Nenhuma riqueza e nenhuma conquista será mais recompensadora do que aquelas que edificar dentro das paredes de seu lar. Os laços do matrimônio unem corações e conquistas e levam à felicidade. Todo sacrifício dentro do casamento é algo que vale a pena. Se ainda não é casado, faça do casamento sua prioridade e conquiste o que será seu maior investimento. Se for casado, mantenha sua visão num futuro juntos e dia a dia vivam a aventura de amar alguém.

    Évila Sant'Ana é esposa e professora de língua inglesa e apaixonada pelo mundo da leitura e escrita. Acredita que o amor e o conhecimento são os meios de conquistar a felicidade.
  • Abraços.
  • Fernanda Abreu Ferreira.


terça-feira, 16 de agosto de 2016

OUTDOORS AMBULANTES...

Outdoors ambulantes...
De sorte que somos embaixadores em nome de Cristo… —2 Coríntios 5:20
Em resposta ao amor reconciliador que Jesus nos oferece, podemos repartir esse amor com outros. Cumpramos nosso papel com seriedade. Aonde quer que Deus nos coloque neste mundo, Ele pode nos usar como outdoors ambulantes da reconciliação por Jesus Cristo.
por C. P. Hia .
Amém!!!! 


OUTDOORS AMBULANTES...

Outdoors ambulantes...
De sorte que somos embaixadores em nome de Cristo… —2 Coríntios 5:20
Em resposta ao amor reconciliador que Jesus nos oferece, podemos repartir esse amor com outros. Cumpramos nosso papel com seriedade. Aonde quer que Deus nos coloque neste mundo, Ele pode nos usar como outdoors ambulantes da reconciliação por Jesus Cristo.
por C. P. Hia .
Amém!!!! 


segunda-feira, 15 de agosto de 2016

6 sinais que ele dá de que não quer assumir o relacionamento.

Os 6 sinais que indicam que ele não quer nenhum relacionamento sério com você.

  • Escolher a pessoa que mais tenha afinidade para viver uma vida ao seu lado está entre as escolhas mais difíceis de se fazer na vida, pois é através dos laços do matrimônio que as pessoas têm mais chances de serem felizes. Porém, nessa busca incessante, alguns se perdem diante da procura e outros desistem. O desespero e o medo da solidão roubam dessas pessoas a esperança e, muitos acabam desviando-se do caminho, pegam qualquer estrada e aceitam qualquer coisa que esteja a sua frente.
    A uniformidade dentro dos laços do matrimônio é essencial para sobrepujar as vulnerabilidades da relação. Quando os parceiros comprometem-se com a relação, ambos tornam-se fortalezas dentro de seus lares.
    O casamento está entre as decisões mais importantes na vida de um homem e de uma mulher, porém, manter uma relação saudável, honrar os votos do matrimônio tem sido um problema grave nos dias de hoje, pois a vida a dois exige sacrifícios.
    Estradas erradas nunca irão nos levar aonde queremos chegar, todavia, diante do desespero e da ansiedade, muitos caminham por essas estradas e ali fazem sua moradia, permanecem nas piores relações e vivem falsos relacionamentos; passam seus dias habitando num abismo, desgastam-se numa vida infeliz, sujeitam-se a serem usados, vivem na ilusão de que um dia o parceiro assumirá a relação.
    Há 6 sinais que indicam se o seu parceiro está ou não querendo assumir o relacionamento de vocês. São eles:
  • 1. Ele não liga nem manda mensagens

    Vocês tiveram uma noite incrível e ele prometeu que ligaria, e lá está você, presa ao celular, esperando a ligação. O dia termina e um novo se inicia, passam semanas e nada dele ligar ou enviar uma mensagem. Se ele não fez nada para dar continuidade é porque ele não está nem um pouco interessado em ter um relacionamento com você. Então, faça um favor a si mesma, esquece ele, há muitas pessoas bacanas que estão prontas para lhe conhecer.
  • 2. Não lhe evolve nos laços familiares dele

    Você deseja conhecer a família dele e ser apresentada como a namorada, porém, ele sempre diz que está cedo demais para isso, mas vocês já estão juntos mais de 6 meses e, quando você toca no assunto, as desculpas são sempre as mesmas.
    Cuidado! Quando uma pessoa evita que sua "parceira" mantenha contato com a família dele é porque ele não tem nenhuma intenção de formar laços familiares com ela. Portanto, não aceite migalhas, nem mendigue por atenção. O amor é nobre e nunca deve ser mendigado. Deixe-o ir e vá ao encontro de quem a mereça e deseja ter você ao lado dele e das pessoas mais importantes da vida dele.
  • 3. Ele critica a ideia de relacionamento sério

    Ele é o primeiro a criticar os amigos quando se casam, faz piadas sobre eles, diz que eles agora estão aprisionados e que ele é um homem de sorte por não precisar se prender, ou seja, ele já deixou claro que não tem nenhum interesse em comprometer-se com você.
    Então, você exige que ele diga o que é a relação de vocês, ele lhe olha e diz que tudo o que vocês possuem é lindo, só que não é uma relação amorosa, mas, "é melhor do que isso", "é uma amizade colorida". Ele também insiste em dizer que isso não deve acabar, vocês podem se curtir, sem se prenderem ao compromisso e, vocês podem curtir outras pessoas, porque vocês não têm nada sério para que se sintam magoados.
    A carência nos faz esquecer de quem nós somos, e quando isso ocorre, cometemos muitos erros, aceitamos o "nada" que as algumas pessoas vazias nos oferecem. Permitimos ser feridos e carregamos essas feridas por muito tempo, às vezes levamos anos para nos curar e há muitas que jamais se curam.
  • 4. Você não tem prioridade na vida dele

    Você planeja tudo na vida pensando nele, envolvê-lo nos melhores momentos de sua vida é prioridade para você, no entanto, você percebe que em todos os planejamentos dele, ou você é a última a ser consultada ou nem sequer está envolvida neles. As férias dele são com os amigos, finais de ano e feriados são ao lado da família dele e você até se oferece para estar presente, mas segundo ele, ainda não é o momento para você, ele quer que você espere, se sobrar algum intervalo, ele lhe envia uma mensagem.
    Às vezes, dói enxergar a verdade, mas ela é necessária, e, nesta situação, a verdade é que você é o "estepe" na vida dele e, quando ele estiver bem cansado de usá-la, ele vai descartar você. Por mais difícil que seja, você precisa decidir se quer alimentar sozinha uma relação sem perspectiva de futuro.
  • 5. Ele sempre adia a data do casamento

    Você está noiva há muito tempo, aguardando o dia do casamento, mas quando você toca no assunto, ele insiste nas mesmas promessas: Assim que eu for promovido ou quando comprarmos a casa dos nossos sonhos.
    Os anos passam e tudo é sempre o mesmo. Cuidado! Ele pode estar fugindo de um relacionamento mais sério, pode ser que o problema não esteja na compra da casa ou na promoção do trabalho, às vezes pode estar na insegurança quanto aos sentimentos que ele tenha por você ou pela relação.
    Planejar é fundamental para se ter uma boa relação, mas é preciso ter coragem para tirar do papel as metas. Os parceiros juntos devem correr na mesma direção dos seus sonhos, pois não se deve esperar conquistar algo importante adiando as prioridades do momento.
    Quem adia o "hoje" em busca do amanhã, desperdiça os melhores dias de sua vida. As melhores coisas da vida, o casal deve conquistá-las juntos.
  • 6. Ele insiste em manter segredo da relação

    Longe do mundo você é tudo para ele, perto das pessoas vocês são apenas amigos, por mais doloroso que seja admitir que não existe relacionamento, ainda assim é o melhor a ser feito, não se vive de falsas ilusões.
    "Tantas pessoas têm medo de compromisso e de estar sériocom alguém que continuam um relacionamento não definido, que acaba confundindo as coisas e só funciona até não funcionar mais. Eu já disse várias vezes, e vou dizer de novo - "nós somos só amigos" é abrir a porta para uma traição que tecnicamente não era traição porque, hey, vocês não estavam juntos." Christopher Hudspeth

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

10 coisas que somente os cônjuges leais fazem

Através de coisas pequenas e simples, você pode mostrar ao seu cônjuge que você está completamente comprometido com ele e com seu casamento.
  • O dicionário define fidelidade como "qualidade ou estado de ser fiel", por extensão "[precisão e exatidão] nos detalhes." Quando se trata de fidelidade no casamento, os detalhes realmente importam. Através de coisas pequenas e simples, você pode mostrar ao seu cônjuge que você está completamente comprometido com ele, e com seu casamento.
    Aqui estão 10 coisas que os cônjuges leais fazem:
  • 1. Cônjuges leais são respeitosos um com o outro - em particular e em público

    Cônjuges leais ouvem com cuidado e atenção um ao outro. E sempre conversam muito sobre si - sobre seu amor, especialmente quando o marido ou a mulher não está por perto. Você sabe que sempre bate a tentação de zombar de algo bobo que seu par fez em uma ou outra situação - não o faça. E mulheres, evitem a sessão de reclamações contra o marido no refeitório do trabalho.
  • 2. cônjuges leais usam a internet e mídias sociais de maneiras positivas e edificantes

    Eles mantêm suas interações com os membros do sexo oposto apropriadas e distanciadas. Guardam seus olhos e corações para seu cônjuge, evitam situações tentadoras como bate-papo no Facebook com um amigo do sexo oposto ou enviar mensagens de texto, ou WhatsApp para qualquer colega de trabalho, só porque a pessoa é bonita.
    Eles têm cuidado em usar a internet e mídias sociais de maneira positiva. Evitam a pornografia e outras imagens inadequadas, salas de bate-papo e sites que poderiam levá-los a serem infiéis ao seu cônjuge em seu coração ou mente.
  • 3. Cônjuges leais defendem um ao outro

    E o fazem em todas as situações. Alguém fez uma piada sobre sua esposa ou uma observação ofensiva durante o jantar? Não ria, em vez disso, educadamente peça para parar e, em seguida, compartilhe algo que você ama sobre sua esposa.
  • 4. cônjuges leais mantêm as coisas íntimas, íntimas

    Cônjuges leais mantêm certas coisas apenas entre os dois. Senhoras, isso significa manter distância de sua mãe (não quer dizer afastá-la, basta manter uma distância saudável). Sua mãe não é mais a pessoa para quem você corre. Seu marido é.
    Cônjuges leais têm o cuidado de não buscar colegas de trabalho, amigos ou conexões on-line para discutir questões particulares suas e de seu cônjuge. (Às vezes pode ser necessário confiar em um conselheiro profissional ou líder eclesiástico, o que é perfeitamente aceitável).
  • 5. cônjuges leais mantêm suas interações com os membros do sexo oposto em um nível técnico e profissional

    Eles agem como se seu cônjuge estivesse ali com eles. Cônjuges leais mantêm uma distância saudável entre si e os membros do sexo oposto. Eles não flertam, tocam ou provocam membros do sexo oposto. Senhoras, isso significa que você não informa ao seu colega de trabalho masculino cada detalhe sobre as coisas em sua vida. Vocês não têm apelidos um para o outro e nem piadas.
    Homens, isso significa que vocês não devem tocar suavemente o ombro de sua colega de trabalho quando chegar por trás para lhe fazer uma pergunta. E cônjuges leais vigiam seus pensamentos e ações, de modo a não cair em armadilha de um caso emocional ou físico.
  • 6. cônjuges leais tomam decisões juntos como marido e mulher (Independentemente do que seus pais, vizinhos, amigos e colegas de trabalho acham)

    Eles não fazem coisas porque sua mãe lhes disse que é a maneira certa de fazê-lo. Eles conversam sobre questões e decisões importantes juntos e decidem o que é melhor para sua própria família. Eles também não tomam decisões importantes por conta própria, sem consultar um ao outro, o que nos leva ao próximo item...
  • 7. cônjuges fiéis são um livro aberto com o outro

    Eles não guardam segredos só para si. Eles são abertos e honestos um com o outro tanto nas pequenas quanto nas grandes coisas. Eles se esforçam para conhecer um ao outro de uma forma profundamente íntima. Eles compartilham os detalhes de seu dia e não têm medo de responder a perguntas difíceis.
    Cônjuges leais trabalham para aprofundar a sua ligação com seu companheiro, especialmente se sentem que estão tentados a serem desleais em pensamento, palavra ou ação.
  • 8. cônjuges leais ligam um para o outro primeiro

    Quando um evento significativo ocorre, ou quando um desafio específico surge, cônjuges leais falam um com o outro antes dos seus amigos, pais ou meios de comunicação social.
    Eles ficam em contato ao longo do dia e se sentem felizes ao reencontrar-se à noite. Eles compartilham o feliz, o triste, bom, mau, feio, bonito, e maravilhoso - um com o outro PRIMEIRO, para depois compartilhar com os outros.
  • 9. cônjuges leais priorizam seu cônjuge acima de tudo

    Cônjuges fiéis dão o seu tempo, energia e talentos para servir ao seu cônjuge. Eles colocam um ao outro em primeiro lugar - acima de trabalho, passatempos, esportes, acima de limpar a casa, acima de amigos, família estendida e até dos filhos.
    Cônjuges leais não deixam que as crianças tenham prioridade sobre seu cônjuge. Isso certamente não significa que eles não dão atenção ou amor necessários aos seus filhos. Significa simplesmente que eles se lembram em todos os momentos que a maior fonte de conforto e segurança que uma criança pode ter é saber que os seus pais amam um ao outro.
  • 10. cônjuges leais dão alta prioridade ao carinho em seu casamento

    Cônjuges leais são os melhores amigos um do outro. Eles cultivam o romance, amor e intimidade regularmente. Eles se lembram de aniversários e datas especiais. Eles incentivam e apoiam um ao outro durante períodos estressantes ou desafiadores. Cônjuges leais dão a melhor parte de si mesmos ao seu cônjuge, ao invés de deixá-los com as sobras. Eles se esforçam para serem melhores um para o outro a cada dia. E eles amam um ao outro sincera e profundamente.
Somos duas pessoas casadas e felizes, trabalhando constantemente para nutrir o nosso casamento e cuidar um do outro.

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

5 segredos para deixar ele louco por você

Algumas atitudes que podem facilitar a arte de seduzir o marido, mantendo o interesse dele e tornando a relação satisfatória para ambos.
  • As relações íntimas são muito importantes na vida do casal, além da procriação, a atividade sexual normalmente promove uma troca de energia muito benfazeja, facilitando, inclusive, o bom entendimento entre os cônjuges.

Sexo oposto

  • É importante que homens e mulheres estejam atentos quanto às diferenças de sentimentos e manifestações também em relação ao sexo. Por isso, no artigo citado acima tratamos da sexualidade feminina e nossas reflexões agora são em relação a como se processa a sexualidade masculina e, por conseguinte, como é possível mantê-la aflorada mesmo depois de muito tempo de convivência.

Sexualidade masculina

  • O homem é mais visual, ele se encanta com o que vê, podendo se excitar normalmente com uma simples imagem de nudez. Não é por menos que a indústria da pornografia tem os homens como principal alvo. Mas é importante que se entenda que a pornografia não é normal, muito pelo contrário, ela corresponde à exploração dos que se deixam levar por suas fraquezas. Bom que se leve em conta também que o erotismo do homem valoriza partes do corpo e se detém muito pouco em obstáculos emocionais.
    A mulher deve observar o que seu esposo gosta e buscar um consenso com seus próprios gostos para edificar uma relação satisfatória para ambos. Nesse sentido, pensemos em algumas atitudes da mulher para manter-se interessante para o marido.

1. Demonstre interesse

  • Muitas mulheres se sentem retraídas em manifestar desejo sexual, no entanto, é muito saudável se desfazer de preconceitos e manifestar os próprios desejos. Uma reclamação comum dos maridos é que as esposas nunca os procuram para o sexo e, muitas vezes, dão desculpas quando eles as procuram. Importante ressaltar que uma relação sadia é, necessariamente, compartilhada por ambos.

2. Cuide da aparência

  • Muitas mulheres descuidam de si mesmas com o passar do tempo, isso é um grande erro. Uma mulher precisa manter-se bem arrumada, saudável, enfeitada a seu gosto até mesmo para manter em bom nível a autoestima. E também não custa nada agradar os olhos de quem se ama, não é mesmo?

3. Não se menospreze

  • Inseguranças do tipo "estou acima do peso" ou "não gosto do meu corpo" quando em exagero pode prejudicar muito a vida sexual. A mulher precisa se valorizar e jamais menosprezar-se. Uma boa dica é evidenciar o que gosta em si mesmo e chamar a atenção dele para isso. Pense bem: se nem você se acha interessante, como querer que seu marido a deseje?

4. Procure agradar

  • Observar o que agrada o homem que você ama é muito útil para arte de agradar e extremamente prazeroso para ambos. Cuide dos detalhes, repare e intensifique o prazer dele a começar por pequenos agrados, atenção e carinho no decorrer do dia. Isso é uma grande arma de sedução. Uma mulher amorosa é sempre muito interessante ao marido.

5. Se entregue de corpo e alma

  • Desde que não fira princípios morais e éticos, nada deve deter a mulher no momento de entregar-se ao homem que ama. Deixe fluir suas sensações e se libere de pensamentos inoportunos, emoções negativas ou qualquer aborrecimento. O momento é para ser vivido e, principalmente, compartilhado.
    Não acredito em "receitas" para um bom desempenho sexual; cada casal precisa encontrar a sua própria harmonia. Mas, com certeza, as dicas acima podem ser convertidas em ações sedutoras muito benéficas ao entrosamento do casal.

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Mensagem para hoje...

Atenção!!!
A verdadeira religião consiste em reconhecer a soberania total de Deus em todos os aspectos da vida. (Jeremias 9:23-24).


Por: Fernanda Abreu Ferreira.

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

UMA SÉRIA ADVERTÊNCIA

Sexta-feira 5 Agosto

Aquele que crê no Filho tem a vida eterna, mas aquele que não crê no Filho não verá a vida, mas a ira de Deus sobre ele permanece(João 3:36).
.

UMA SÉRIA ADVERTÊNCIA

Um crente estava pregando na rua, quando alguém da multidão que ouvia o interrompeu: "Onde é o inferno?" O pregador não se distraiu. Ele continuou dizendo a seus ouvintes o que a Bíblia diz sobre o julgamento vindouro. Mas ele também mostrou-lhes como a salvação pode ser encontrada em Jesus Cristo, o Salvador do mundo.
"Onde é o inferno?" gritou a voz da multidão mais uma vez. "Eu lhe fiz uma pergunta. É óbvio que você não pode responder". ? "Sim, eu posso", respondeu o pregador, "O inferno está no fim de uma vida sem Deus e sem Jesus Cristo".
Muitas vezes ouvimos a palavra inferno proferida no dia-a-dia. As pessoas a usam para descrever tudo o que é realmente desagradável. Ela está na boca de todos. A Bíblia, no entanto, nunca usa o termo para descrever qualquer condição na terra. É, antes, a expressão para o destino final daqueles que se recusam a crer no Filho de Deus e não querem servi-Lo.
O próprio Cristo falou repetidamente sobre o inferno. Ele disse: "Não temais os que matam o corpo... Mas eu vos mostrarei a quem deveis temer: temei aquele que, depois de matar, tem poder para lançar no inferno; sim, vos digo, a esse temei" (Lucas 12:4-5). Ele estava se referindo a Deus. Que aviso sério e urgente!
É uma advertência decorrente de amor, pois o Filho de Deus, que falou estas palavras, deu a Sua vida por nós, para que nunca cheguemos a este destino terrível. Então, todos devem recebê-Lo em sua vida pela fé!

Fonte: http://www.apaz.com.br/